Live: Ilka Serra - EaD em Tempos de Distanciamento

Siga @educacaoSEMdistancia no Instagram.
link direto para esta matéria: Ilka.EsemD.org
Veja mais matérias do blog em: EsemD.org
"EaD em Tempos de Distanciamento" é o tema da live com a Prof Ilka Serra, da UEMA. Assista à gravação, em quatro partes, dessa conversa, conduzida por Romero Tori, e saiba como a experiência desenvolvida em grandes projetos de EaD pode e deve ser aproveitada nesse momento em que o ensino remoto tornou-se a opção mais adequada para garantir distanciamento social sem distanciamento na aprendizagem. 

Conheça a experiência da Prof Ilka Serra que coordenou e coordena importantes projetos relacionados a EaD na UEMA, UEMAnet, UAB, entre outros, como a plataforma de cursos abertos Eskada.

Vídeos
Parte 4 de 4: Questões da EaD

Links Relacionados
Esse projeto é bem interessante, desenvolvido pelo câmara EAD da ABRUEM em parceria com as estaduais do Paraná. 






Perguntas que não puderam ser respondidas na live
Veja aqui algumas respostas dadas pela Prof Ilka, a perguntas feitas por participantes da live, que não puderam ser respondidas durante a transmissão:

Q1: Como podemos otimizar os rendimentos acadêmicos através de ferramentas digitais?
As ferramentas digitais são grandes aliadas para o professor e para o aluno, ou seja para a Educação. Mas é importante destacar que o “rendimento acadêmico” vai depender muito mais do que será proposto no planejamento do curso ou disciplina. Nesse sentido, a fornação de um professor para o ensino digital é imprescindível.

Q2: A Modalidade EAD tem feito o Maranhão progredir mais que o presencial?
Na verdade, falar em progressão na Educação é muito mais complexo, vai além da modalidade de educação. O que temos conseguido fazer é uma maior democratização do acesso ao ensino superior. Principalmente quando falamos de pessoas que dificilmente teriam acesso se não fosse a EAD que aproxima. 

Q3: Quais as políticas de inclusão digital para os estudantes?
No caso da EAD temos mais de 85% dos nossos alunos com a acesso à internet e algum recurso tecnológico que o inclui digitalmente. Mas acredito que, independentemente da modalidade, o Brasil e o Maranhao  precisam investir em fomento para inclusão digital, e essas políticas tem a ver com o básico, acesso à internet a todos.  

Q4: O que a EaD pode ensinar aos cursos presenciais ? 
Temos aprendido com a EAD que é possível criar uma cultura digital e desenvolver em nossos alunos competências importantes para formação profissional de qualidade. 

E talvez o mais importante é que a EAD preconiza que o conhecimento é construído pelo indivíduo durante toda a sua vida, para além do momento presencial, com o professor em sala de aula. 
--------------------------
Obrigado Profa Ilka Serra ! Temos muito a aprender com você !


Ilka Márcia Ribeiro de Souza Serra
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Estadual do Maranhão, Mestrado em Fitossanidade e Doutorado em Fitopatologia pela Universidade, ambos pela Universidade Federal Rural de Pernambuco. Professora Adjunta de Microbiologia do Depto. de Biologia da UEMA.

Exerce desde de 2013 a função de Coordenação Geral do Núcleo de Tecnologias para Educação (UEMAnet) da Universidade Estadual do Maranhão, representando-a junto ao Sistema Universidade Aberta do Brasil-UAB e à Rede e-Tec Brasil do Ministério da Educação. Nessa área, atua na pesquisa com enfoque em Gestão em EaD, TICS e EaD e Formação de Professores em cursos intermediados por tecnologias educacionais. Exerceu o cargo de Presidente do Forúm Nacional de Coordenadores da Universidade Aberta do Brasil-FORUAB/CAPES de 2016 a 2019. E Integrante da Câmara de EaD da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (ABRUEM). É membro do comitê científico da Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED) desde 2012. Membro do Grupo de Avaliadores da CAPES. Participou do Grupo de Trabalho que discutiu e formulou a Resolução dos Mestrados e Doutorados EaD no Brasil. Coordenou o 1o Seminário Internacional de Inovação em Educação Superior da ABRUEM (SIEE/2017). Editora chefe da Revista Científica TICs & EaD. Pesquisadora de estudos na área de EaD, com artigos publicados em Revistas Científicas. Organizadora e coautora de três capítulos do livro: Tecnologias Educacionais – avaliação e processos de formação (editora UEMA, 2017). Autora de diversos capítulos de livros sobre EaD.

Comentários